Agricultores de Vale Verde assinaram contratos da Consulta Popular 2016/2017

Via Corede Vale do Rio Pardo

Agricultores assinaram contratos. Foto: Corede VRP

Aconteceu nesta sexta-feira, dia 8 de dezembro, na sede do Escritório Municipal da EMATER de Vale Verde, assinatura dos contratos emitidos pelo BADESUL, para aquisição de insumos para implantação ou melhoramento de pastagens.
A origem dos recursos foi da Participação Popular Cidadã (PPC) de 2016, onde Vale Verde foi contemplado com R$ 66.000,00 (sessenta e seis mil reais) para uso exclusivo em melhoramento ou implantação de pastagens. Entre os itens financiados estão: calcário, composto orgânico, superfosfato triplo e sementes de forrageiras.
Os recursos para aquisição dos insumos descritos no projeto serão liberados pela Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR), através do FEAPER, e terão um bônus de adimplência de 80%, cabendo ao beneficiário pagar os 20% restantes em um prazo de três anos, com juro zero.
O projeto beneficiou seis pequenos produtores que criam e comercializam bovinos, e a Associação dos Produtores de Leite e Derivados que terá 18 associados beneficiados. Esses produtores tiveram os nomes analisados e aprovados pelo CMDA-Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário.
Luís Carlos da Silva, na época presidente do COMUDE – Conselho Municipal do Desenvolvimento, enfatizou que estes recursos foram conquistados com a expressiva participação dos munícipes, na votação das prioridades durante a Consulta Popular.
Segundo o agrônomo da Emater, João Antônio Leal da Silva, esse recurso será importante para esses agricultores melhorarem a fertilidade do solo, melhorar a qualidade das pastagens e, consequentemente, melhorar a produtividade tanto na produção de leite quanto de carne, o que vai gerar aumento de renda na propriedade.
Atualmente a Presidente do COMUDE é Ana Maria Maciel, e tem como vice Paulo Renato Meurer, e na Participação Popular e Cidadã de 2017, Vale Verde foi contemplado com R$ 43.103,90 (quarenta e três mil cento e três reais e noventa centavos) que serão usados para aquisição de equipamentos de Agroindústria, visando beneficiar jovens, na prevenção do êxodo rural.

Texto e Foto: Corede Vale do Rio Pardo.

Os agricultores irão adquirir insumos para implantação ou melhoramento de pastagens. Foto: Corede VRP.

Publicado em: